segunda-feira, 11 de maio de 2009

Onde está a sua Atenção?

Onde está a sua atenção?

Onde está a sua Atenção, está a sua realidade, está a sua Vida, está “você”. Vejamos, a sua atenção neste momento está nestas palavras, logo a sua realidade, a sua vida, está Aqui.

É então legitimo afirmar, que Atenção dita a sua felicidade e a sua infelicidade. Contudo, a atenção, pode ou não, ter interesse, prova disso é importância que atribui a esta afirmação. A atenção é assim susceptível a um parecer seu, você é quem dita, o que é relevante, e o que não têm importância.

Toda a infelicidade que o leitor possa sentir, deve-se assim a um parecer seu, que rotulou, a situação em causa, como importante, e por consequência o fez sofrer.

A tomada de Consciência sobre esta realidade, leva-o a considerar uma Nova perspectiva para com a Vida, uma Nova Consciência, para com a Atenção. Se a Atenção, dita assim a felicidade, e a nossa infelicidade, devemos assim ter Atenção sobre Atenção, ser cuidadosos com o nosso pensamento, ser vigilantes com a atenção. Enfim ter Consciência sobre os pensamentos, de forma a antecipar a mente compulsiva, que inúmeras das vezes, arrastam-nos nas preocupações do dia-a-dia.

Isto, não significa o ignorar problemas, que necessitam de ser resolvidos. Não, isto significa sim, a Atenção e o reconhecimento dos problemas como sendo algo que existe, em prol de serem resolvidos, mas não consumidos. Quando focamos, a nossa atenção num problema, a importância, por nós consentido no mesmo, tenda a enrolar-nos no corrupio de pensamentos, emoções e sentimentos compulsivos, que frequentemente, nos conduzem a uma vida de angústia stress e receio, tudo isso acontece devido á atenção e á importância por nós depositada na atenção inicial, no pensamento primitivo.

Viver a Vida, Viver a Nova Consciência, o Novo Mundo, é essa Atenção, uma Atenção que só é possível em vigília no Aqui e no Agora, uma Atenção que transcende a mente, que está em alerta constante, no “eu-ego” pequeno, nos sentimentos, nas emoções, nos receios, nos pensamentos.

Esteja Consciente de si mesmo, esteja Consciente do seu interior, do que sente, do que o anima, do que o entristece, e veja, Observe, Contemple-se a si próprio, e verá no fim, que foi sempre você que ditou as regras da sua Vida.


PAZ

5 comentários:

  1. Tenho cada vez mais a certeza que eu sou quem dita minha estória!
    Bjaum

    ResponderEliminar
  2. Felicidade, infelicidade... basta apenas tirar o IN pra tudo dar certo.

    Beijo grande.

    Rebeca


    -

    ResponderEliminar
  3. Que tenhas uma semana em harmonia e alegria.
    beijos

    ResponderEliminar