domingo, 2 de maio de 2010

Porquê estar Presente


Entender a Vida sem se compreender a si, é ignorar a Vida que vive em si. Julgamos saber e entendermo-nos a nós próprios, mas é esse julgamento esse pensamento o qual acreditamos que nos conduz e nos leva a criar a realidade que nos circunscreve.

Porque razão o exterior muitas vezes não nos satisfaz? Porque razão a vida aparenta muitas das vezes não fazer sentido? Sofremos preocupamo-nos e aguentamos aquilo que julgamos que temos que aguentar, sempre em prol de algo, algo que não correspondeu às nossas expectativas.

Se existe algo que não funciona na nossa vida, que não corresponde às nossas expectativas, um namoro um negócio um encontro um amigo um familiar ou apenas a conquista de algo, que não foi de encontro á nossa vontade, e que por sua vez nos conduziu á desilusão á tristeza mágoa ou apenas o estado de aborrecimento para com o sucedido.
O mesmo se deve a algo que desconhecemos, existe assim um estado da Vida em todos nós que se ignora a ela mesma.
Se somos Livres na totalidade, se somos criadores da nossa realidade, porque razão criamos nós situações de sofrimento tristeza mágoa e aborrecimento? Fazemo-lo porque existe um lado inconsciente da Vida em nós para com a Vida. Um lado intitulado por muitos como a “ilusão” o estado sonâmbulo onde homem se julga separado do todo, e por consequência carente de algo mais na Vida.

A Criação Consciente não parte do “eu” de quem julgamos SER, simplesmente porque a Vida em si não é um Julgamento nem um pensamento, mas sim a Consciência da mesma.

Então é nos legitimo questionar como fazer, ou o que fazer para não sofrer, para não criar e compactuar com uma realidade inconsciente?
Estando Presente, estando Atento a si mesmo, Observando-se, Contemplando-se, meditando. Toda esta perspectiva, toda esta acção requer apenas a tomada de Consciência para consigo no momento, saber o que está pensando, porque está pensando, o que está julgando porque está julgando, o que está sentindo e porque está sentido.
Enfim é esta tomada de Consciência que o conduz ao discernimento de como funciona a Vida em “si” verá que é a credibilidade inicial por si dada a um pensamento que desencadeou toda a situação. A Compreensão do mesmo ser-lhe revelado por experiência própria, simplesmente porque você assim o permitiu deu espaço a si mesmo, validando o que só você pode validar por si mesmo.

O seu exterior é o reflexo do seu interior, a vida corresponde fielmente naquilo que acredita.

Estar Presente, atento si mesmo é um acto que só se justifica quando a Vida em si está triste e aborrecida. Nesses momentos a Pausa no tempo, o estar Presente e auto Observar-se requer atenção sobre a Vida que á em si.

Todo este processo é de facto um processo. A semente não germina de um momento para outro nem a Nuvem se forma num instante, tudo na Vida possui uma evolução uma criação um estado mágico contínuo de auto Criação.

4 comentários:

  1. Obrigada por este texto. Hoje, foi-me precioso !
    PAZ LEonor

    ResponderEliminar
  2. Parabéns pelo seu blogger, gostei muito, ser você quiser me visita no meu blogger tem bastante coisa legal, tem game para meninas, do game isa tkm jogos, moranguinha jogos, relógio e calendário com sua foto, album foto, desenho anime, poema, poesia, frases, musica, radio, msn nick, mario bros, mapa do google, cria texto avatar, curso de inglês, japonês, italiano, hebraico, chinês, bbb10, torpedo grátis, etc...

    http://bloglegalnovo.blogspot.com

    Espero que você seja meu seguidor

    ResponderEliminar
  3. Um texto maravilhoso de quem já sabe que nada na vida é tão simples e linear como parece.

    Gostei muito

    ResponderEliminar
  4. Quem nos disse que a vida tem sentido...paz.

    ResponderEliminar